Número de investidores pessoa física na bolsa de valores de São Paulo quase dobra em 2020.

Compartilhe essa notícia!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
numero-de-investidores-pessoa-fisica-na-bolsa-de-valores-de-sao-paulo-quase-dobra-em-2020

Segundo a B3, Bolsa de Valores de São Paulo, o número de investidores pessoa física cresceu 92% em 2020 e chegou a 3,2 milhões de contas.

Um dos fatores desse aumento impressionante tem relação com a pandemia da COVID-19. Só em março de 2020, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores, acumulou queda de quase 30%. Esse foi o pior desempenho mensal desde 1998.

Uma queda como essa gera oportunidades. Por isso, muita gente aproveitou o momento de valores reduzidos nas ações para se aventurar no mercado.

Apesar de turbinado pela pandemia, o aumento do número de investidores na Bolsa é uma tendência já há alguns anos. Em 2018, cerca de 600 mil pessoas físicas tinham investimentos na B3. Em 2019, esse número já superava o milhão.

Esse aumento gradual pode ser explicado principalmente pela queda das taxas de juros. Em 2016, a taxa Selic, que é a taxa de juros básica da economia brasileira, estava acima de 13%. Já em 2020, 2%.

Juros mais baixos significam queda na rentabilidade dos investimentos de renda fixa. Ou seja, quem estava acostumado a deixar o dinheiro rendendo em investimentos tradicionais, como a poupança, percebeu a necessidade de diversificar para ter melhores rendimentos.

Outro fator relevante para o aumento do número de investidores pessoa física na Bolsa é o crescimento de bancos e plataformas digitais, que facilitam a escolha de investimentos. Assim, as pessoas acompanham seus produtos financeiros e operam em tempo real, pelo celular.

Ainda são poucos os investidores no Brasil, em comparação com outros países.

Apesar da escalada de crescimento dos últimos anos, o número de investidores pessoa física na Bolsa de Valores ainda é pequeno por aqui, se comparado com outros países.

Se cerca de 1,4% dos brasileiros investem na Bolsa, nos Estados Unidos, mais da metade da população investe em ações, enquanto no Japão, cerca de 43%.

Fechar Menu
Abrir Conversa
Olá, bem vindo(a)!

Como podemos te ajudar?