Por que poupar é tão importante (e tão difícil)?

Compartilhe essa notícia!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Por que poupar é tão importante? Afinal, é difícil falar em poupar, quando não sobra dinheiro. Porém, você sabia que o problema não está aí?

Primeira pergunta é: por que não sobra dinheiro? Bem, vamos sair desse discurso que “é fácil falar em poupança quando temos dinheiro sobrando”. Sim, porque esse não é o X da questão. Não importa quanto você ganhe, se não souber usar o dinheiro, nunca vai sobrar.

Pra falarmos em poupança, a primeira dica é: separe primeiro o percentual que você escolheu para poupar. Mesmo que seja 10 ou 20% da sua renda. Ao receber o dinheiro, retire esse percentual e a partir daí, comece a gastar com as outras coisas.

“Encare a poupança como um pagamento a si mesmo. Um pagamento por todo o seu esforço, por todo o seu trabalho”.

Dessa forma, outro ponto importante é que poupar é diferente de investir. Ou seja, não necessariamente significa economizar. Isso mesmo, economizar é fazer um esforço para sobrar algum dinheiro no final do mês, poupar é não gastá-lo. Em contrapartida, investir é pegar esse dinheiro poupado e aplicá-lo financeiramente.

Assim, é preciso que fique claro: poupança não é investimento. Não há investimento sem risco! Por isso, é comum algumas pessoas compararem, equivocadamente, a poupança com algumas espécies de investimentos. E consequentemente, mostrarem o quão pequena é a rentabilidade da poupança.

Tanto poupança quanto investimento tem objetivos específicos. Na poupança, seu objetivo é guardar o dinheiro para usá-lo no futuro, seja com algo já definido ou para uma eventualidade que surgir. Já o investimento é o ato de empregar o seu dinheiro. Ou seja, fazer o dinheiro trabalhar para você, gerando mais dinheiro, multiplicar o seu dinheiro.

E por que poupar é tão difícil?

Vivemos em uma modernidade líquida, como dizia o saudoso Zygmunt Bauman. Antigamente alguém dizia: você vale o que você é! Tempos depois isso mudou para: você vale o que você tem!

E hoje o discurso é: você vale o que você aparenta ter (seu ou não). É o mundo das redes sociais e da alta exposição dos bens de consumo!

Todos precisam aparentar estar bem. E essa sensação de estar bem é transmitida através de fotos e vídeos em lugares famosos, com roupas de grife, em restaurantes de chefs renomados, em festas badaladas, enfim, é a aparência de ser bem-sucedido aliado ao fato de ter um alto poder de compra.

Se você tira uma foto dentro de um carro do ano, alguém pede o documento do carro, para saber se você é o dono daquele carro? É óbvio que não! Não precisa ser seu! Basta que aparente ser! Hoje tem empresas que alugam iPhones para dias de festas. Isso mesmo!

Temos carros executivos em aplicativos que oportunizam você chegar aos locais em grande estilo e pagando menos que o valor de um táxi. É a nossa sociedade, esta sociedade de consumo.

“Agora você percebe o quão difícil é poupar, nesta sociedade que te impõe gastar mais e mais. E muitas vezes, sem necessidade”.

Sempre gosto de fazer esse teste e recomendo que você também o faça. Sentiu vontade de comprar algo. Respire fundo e pergunte se aquilo é realmente necessário. Depois, respire fundo de novo e repita a pergunta a si mesmo. Logo em seguida, repita tudo, respire fundo e pergunte. Faça isso 7 vezes! Ao final, se ainda persistir a vontade de comprar, compre! Porque é realmente necessário. Se não for necessário, vai desaparecer a vontade.

Não é difícil constatar que nesse tempo de crise, algumas pessoas que pouparam, tiveram que retirar suas economias para pagar contas, inclusive as de consumo como luz, água, aluguel, supermercado, entre outras despesas domésticas. Isso nos ensina que, se elas não tivessem poupado, o impacto da crise financeira sobre estas famílias seria ainda maior e o nosso país estaria em situação devastadora. Precisamos compreender a importância de guardar dinheiro, fazer reserva, poupar!

Esta é a Febrapo sempre preocupada com você, consumidor-poupador, trazendo conhecimento para todos.

Fechar Menu